Inglaterra: a nobreza agrária e a época vitoriana com Maria João Carvalho - Verão 2017


O termo “vitoriano” refere-se à vida e à cultura britânicas durante o reinado da rainha Victoria, de 1837 a 1901. Foi um período de paz e prosperidade em Inglaterra, e de intensa revolução industrial.

bootstrap slider

Para as classes mais abastadas as regras sociais ditavam todo um comportamento apropriado, desde as formas de tratamento à escolha das roupas. Um passo em falso equivalia a suicídio social.

Quanto aos pobres, eram na sua maioria ignorados. Lembrando os livros de Dickens, conseguimos imaginar os limpa-chaminés e os talhantes deambulando pelas nas ruas escuras e enevoadas da Londres de 1900.

A vida no campo, obedecia a regras de classe rígidas, encabeçadas pelos ricos proprietários de terras e mansões senhoriais. Quanto às mulheres, caso pertencessem a uma família nobre, esperava-as o casamento; caso contrário, uma vida de trabalho e privações.

É esta Inglaterra que eu vos proponho descobrir, recordando autores como Jane Austen, Lord Byron, Dickens, as irmãs Bronte ou Lewis Carroll; ou filmes e séries televisivas como Downton Abbey ou Upstairs-Downstairs.

Prontos para uma viagem no tempo?

Itinerário

1º dia – Chegada, Londres
Tate Britain, Ledenhall market

Tate Britain
Quando pensamos no comportamento social da época vitoriana ocorrem-nos sentimentos de injustiça, privilégio social, devoção rígida, e, sobretudo rigor e tradição. Na arte isso reflecte-se no realismo e naturalismo. O Museu Tate Britain apresenta uma colecção classicamente vitoriana, com conhecidas obras de George Elgar Hicks, Frederick Walker, Millais e ainda a brilhante Turner collection.

Ledenhall market
Datado do século XIV, o mercado foi refeito após o grande incêndio de Londres e mantem-se praticamente inalterado desde a ápoca vitoriana. Além de toda a sua história, é fácil reconhecer este mercado de filmes como Harry Potter, entre outros. É também um bom local para jantar.

2º dia - Oxford
Universidade/Bodleian Libraries

Fundada em 1096, é uma das mais prestigiadas universidades do mundo. A visita às suas várias “colleges” é imprescindível, assim como a Bodleian Library, que recolhe livros publicados desde há 400 anos.

3º dia - Costwolds
Castle Combe village/Malmsbury/Bibury

Entremos dentro de um postal: riachos, pontes de pedra e telhados de colmo, antigas igrejas e casas senhoriais, moinhos e quintas, colinas ondulantes e profundos vales verdes, aldeias que saíram de um romance… um belo passeio.

4º dia - Newbury
Highclere Castle/Newbury

Newbury é uma cidade histórica e a principal do condado de Berkshire. Além de passearmos pela cidade, vamos conhecer Highclere Castle e a sua incrível propriedade, local onde foi filmada a série Downton Abbey.

5º dia - Bath
Bath

Em Bath vamos entrar no universo “orgulho e preconceito”, visitando o Jane Austen centre e passeando por esta que foi a sua cidade.

6º dia - Bristol
Tyntesfield/Bristol

Bristol é a cidade dos “Bs”: barcos, bicicletas, Banksy, entre outros. Temos muitas coisas para visitar!

Iremos ainda a Tyntesfield, uma casa vitoriana típica cheia de objectos incríveis e localizada no coração do Somerset. Vamos descobrir a vida ordinária de quatro gerações da família de Gibbs e seu jardim, composto por terraços floridos, florestas e hortas, misturados com ornamentos góticos.

7º dia – regresso, a partir de Bristol



Quanto penso gastar: aprox. 800€  (sem avião)


Informações

Nome*

Mensagem*